whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

Quem se Importa com o Laboratório?


A pauta de hoje é uma análise sobre os indivíduos, grupos ou empresas que se importam com o futuro dos pequenos e médios laboratórios. Esclarecemos aqui o que são stakeholders e como eles se relacionam com o mercado de análises clínicas.

O que são Stakeholders?

Stakeholders são “pessoas de interesse”, aquelas impactadas e impactantes para a rotina do laboratório, e que se beneficiam de alguma forma do seu sucesso. Enquanto muitos laboratórios focam nos 3 maiores stakeholders do mercado - pacientes, operadoras de saúde e prescritores - existem uma série de outros stakeholders que acabam sendo negligenciados pela gestão e que devem receber atenção.

Stakeholders Internos

Os stakeholders internos são aqueles que vivenciam o laboratório de dentro. São os empregados, os donos e os gestores do negócio. Cada um deles possui interesses distintos, incluindo aspirações profissionais, pessoais e remuneração pelo trabalho desempenhado.

Stakeholders Externos

Os Stakeholders externos são os grupos, indivíduos ou empresas que não fazem parte da organização, mas que possuem interesse no êxito do laboratório. O número de stakeholders externos não pode ser definido de forma clara, pois existem stakeholders de segundo grau, como por exemplo as universidades. Elas se beneficiam do mercado de laboratórios, porque ele fornece mercado de trabalho para seus alunos formados.

Nos próximos itens, analisaremos os stakeholders externos que consideramos mais próximos ao laboratório.

Governo: Regulamentação e impostos

A regulamentação sanitária e a fiscal a qual o seu laboratório deve seguir é imposta pelo Governo. Por isso, para que o laboratório esteja dentro da lei, é preciso obedecer aos requisitos para o funcionamento dos laboratórios clínicos e postos de coleta laboratorial impostos nas RDCs. Assim, o governo se beneficia com laboratórios melhores e mais qualificados para apoiar o diagnóstico dos seus contribuintes.

Além das regulamentações, é interesse do Governo que o laboratório prospere: a alta carga tributária que onera os empresários do ramo é recolhida com avidez, sob a justificativa de voltar para comunidade em formas de melhorias (ou, ao menos, assim deveria). Por essa razão, se você possui um laboratório aberto, é necessário que você atenda os requisitos legais desse stakeholder com poder e força tão debatidos nos dias de hoje.

Comunidade

A sociedade ao redor do laboratório necessita de saúde, e o laboratório tem um papel importantíssimo de apoio ao diagnóstico. A partir do desenvolvimento de projetos de responsabilidade social que beneficiem a todos da comunidade, o laboratório pode desenvolver relacionamentos e criar oportunidades importantes para a perpetuação do seu negócio.

Fornecedores

Os fornecedores são aqueles que fornecem produtos e serviços para o laboratório, e que possuem seus próprios interesses de prosperidade nos negócios. Quanto mais o laboratório cresce, mais produtos e serviços ele consome. Para um crescimento saudável, é preciso ter um bom relacionamento com seu fornecedor, um grande diferencial competitivo a médio e longo prazo.

Lembre-se que grande parte do valor que você tenta passar para os seus clientes vem dos seus fornecedores:

  • Agilidade no atendimento e segurança das informações dos pacientes: é isso que o sistema de gestão laboratorial ajuda você a entregar.

  • Materiais de qualidade que garantem uma coleta mais segura e menos dolorosa para o paciente: quando você compra uma coleta à vácuo de um bom distribuidor, por exemplo, você está contando que ele ajude a passar esses valores para seus pacientes.

  • Rapidez na entrega do laudo: o que só é possível se o seu fornecedor entregar os insumos dentro do prazo combinado, por exemplo.

Laboratórios que não se entendem bem com seus fornecedores acabam ficando competitivamente vulneráveis. Escolha seus parceiros e trate-os bem.

Sociedades Científicas

As sociedades científicas são importantes por apoiarem o desenvolvimento das análises cínicas e das profissões interessadas, através da criação estímulos, eventos relevantes e desenvolvimento de condições que visem, além de preservar as melhores práticas, estimular a evolução de forma que beneficie o estabelecimento e a sociedade.

Através desse relacionamento sólido, as sociedades conseguem mais recursos para se manterem aliadas incansáveis na busca por informações que auxiliem o mercado a lidar com as adversidades diárias negativas do mercado.

Instituições Financeiras

Quem paga os boletos em dia e consegue equilibrar bem as contas, podem ter as instituições financeiras como um ótimo aliado competitivo. Muitas possuem disponibilidade de crédito para investir em melhorias que aumentam a competitividade, e o laboratório pode se beneficiar com baixas taxas de juros e bons fundos de investimento para aplicar as receitas.

Concorrente é um stakeholder?

Se o concorrente pode afetar o seu laboratório de forma direta ou indireta ele pode ser considerado um stakeholder. Muitas vezes um plano de expansão conta com objetivos como ganhar mercado ou aumentar a fidelidade dos pacientes na região. Então se outro laboratório pode afetar esse plano, ele pode afetar o seu desempenho, e portanto, ser considerado um stakeholder. Demonstre respeito aos seus concorrentes e acompanhe as estratégias para analisar como o mercado lida com os estímulos e mudanças: isso pode mudar o rumo do seu Marketing, do seu plano de expansão, e do seu plano de retenção de clientes.

Além disso, laboratórios que concorrem em uma mesma cidade com ações justas e estratégias éticas, têm mais chance de desbancarem aqueles que cobram preços baixos demais ou que se utilizam da má fé para continuarem no mercado.

Em um mercado saudável e competitivo, o laboratório de análises clínicas é importante para muitos participantes, inclusive pacientes. Por isso, verifique o grau de importância que você atribui a cada stakeholder e veja qual é a melhor forma de crescer de forma sustentável, e sem prejudicar (ou ser prejudicado por) nenhum deles.

#stakeholder