whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

Quando uma Cidade se Une Contra a Covid-19




Em virtude do isolamento social e, consequentemente, da drástica mudança na rotina de todos, os ânimos da população estão exaltados. Além disso, com o aumento considerável de notícias ruins sendo transmitidas, a incerteza e o medo vêm tomando conta das pessoas.

Por essa razão, a fim de tentar amenizar a aflição (de nossos leitores ao menos), resolvemos compartilhar uma entrevista inspiradora realizada com o Dr. Marcelo Milagres, um dos fundadores do laboratório Rocha Milagres, localizado em Piranga/MG. Nela, o doutor fala sobre essa pequena cidade, de quase 20 mil habitantes, cuja união entre entidades privadas e públicas impulsionou algumas ações de combate à Covid-19, minimizando a propagação da doença e agilizando a liberação do comércio.


A entrevista realizada com o Dr. Marcelo pode ser lida a seguir. Boa leitura!

Como este trabalho em conjunto, entre empresas privadas e públicas, aconteceu?


Em 2018, formamos um grupo no WhatsApp com empresários de Piranga de todos os setores, para entendermos as necessidades locais e promovermos o desenvolvimento da iniciativa privada. Em parceria com o Sebrae de Viçosa, trouxemos palestras, cursos e o Bootcamp, uma espécie de programa de imersão voltado aos negócios, que foi um sucesso.

Agora, com a pandemia trazendo impactos negativos para a economia, levantamos discussões acerca da importância das regras de higiene, distanciamento e etiqueta respiratória. Com isso, surgiu o “Manual de Boas Práticas para o Comércio”, um importante documento que contou com a colaboração de profissionais de diversas áreas. Nele, além das informações supracitadas, há orientações sobre a higienização de ambientes, bem como recomendações específicas para o ramo alimentício.


Com a flexibilização do comércio cada vez mais próxima e necessária, sugerimos uma capacitação formal dos comerciantes. A Ascopi (Associação Comercial de Piranga), representada atualmente pela presidente Elizabeth Meksenis, abraçou a ideia e assumiu a coordenação dos cursos, que foram ministrados para setores específicos – ramo alimentício, beleza, vestuário, entre outros. Além disso, no fim de cada capacitação, todos receberam um certificado de participação para complementação do currículo.


Quais são os benefícios desses cursos de capacitação?


O principal benefício é o conhecimento adquirido para aplicar as importantes medidas de higiene e distanciamento e proteger as empresas e os clientes (especialmente na situação atual). Esse cuidado pode fazer toda a diferença, diminuindo os riscos de transmissão.


Outro importante benefício diz respeito ao surgimento de um apurado senso coletivo, ou seja, da certeza de que pequenas atitudes se somam e possibilitam grandes conquistas. Tal legado gerará ainda mais frutos depois da crise.


Como o comércio recebeu a ideia do curso?


O comércio recebeu muito bem a ideia do curso; prova disso é que o número de inscritos foi muito maior do que tínhamos imaginado.


Como os cursos foram realizados?


Os cursos foram ministrados pela Hellen Arcanjo, enfermeira da Estratégia Saúde da Família (ESF), em um salão cedido pela Câmara de Vereadores. Para cada setor, foram abordados assuntos específicos. No ramo da beleza, por exemplo, os participantes receberem orientação sobre cortes de cabelo, utilização do secador e acessórios de maquiagem. O conteúdo foi bem assimilado e muito elogiado pelos alunos.


Como você acha que a informação é capaz de transformar um cenário tão assustador como o da pandemia?


A informação, por enquanto, é o único componente 100% eficaz para combatermos a pandemia, já que os medicamentos e as vacinas ainda estão sendo testados. Com a informação e consequente conscientização da população, podemos evitar o colapso do sistema de saúde com o mínimo impacto econômico possível.


O que os outros laboratórios do país podem fazer para colaborar na luta contra a Covid-19?


Sugiro que eles façam exatamente o que foi descrito acima. Isto é, que promovam a união entre laboratórios, entidades de classe e sociedades científicas em prol do fortalecimento do setor, sem comodismo, conformismo ou vaidade, e com uma gestão profissional e técnica impecável.


** Dr. Marcelo Milagres tem formação farmacêutica-bioquimica, MBA em gestão empresarial e é gestor do laboratório Rocha Milagres.


Gostaram da entrevista? Se assim como o laboratório Rocha Milagres, você também possui um relato que merece ser compartilhado, escreva para contato@aceleralab.com.br! Você pode ser o próximo entrevistado!