patrocinadores.png
Cepheid-logo-horizontal.png
Ativo 1.png
logo.png
whatsapp.png

Receba nossas atualizações por Whatsapp! Gratuito, relevante e aplicável.

Paciente em foco: Representante do grupo 50+




Hoje , retomamos a coluna “Paciente em Foco”, que realiza entrevistas buscando elucidar a percepção dos clientes sobre o laboratório. Lembramos que estas percepções são pessoais, mas ajudam a compreender os possíveis perfis daqueles que frequentam os laboratórios de todo o Brasil. Desta vez, trazemos uma paciente acima dos 50 anos.

No decorrer da vida passamos por diversas transformações. Para as mulheres, a variação hormonal é a mais evidente delas, considerando o início, o auge e o término da fase reprodutiva. Em geral mais acostumadas a procurar auxílio médico para realizar acompanhamentos, muitas vezes são elas que influenciam seus parentes próximos a também prevenir doenças em seu estágio inicial. Por essa razão, esse é um segmento do público cujas preferências e necessidades devem ser acompanhadas de perto.

Vamos à entrevista!

Ficha do paciente


Idade: 59 anos

Gênero: Feminino

Profissão: Jornalista

Doenças diagnosticadas: Nenhuma

Localização: Porto Alegre

População: 1 milhão e 500 mil habitantes.

Com que regularidade você costuma cuidar da sua saúde com auxílio médico e exames complementares?


Pelo menos uma vez por ano para check-up ou sempre que sinto que preciso.

Porto Alegre possui diversas opções de laboratórios, como você percebe a diferença entre eles?


Tenho reservas quanto a laboratórios dos quais nunca ouvi falar, sobre os quais nunca vi nada na mídia tipo redes sociais.

O que influencia você na escolha do laboratório para a realização dos seus exames?


Ser conhecido e tradicional, oferecer uma unidade próxima à minha casa, experiências anteriores de bom atendimento que incluam atendimento ágil e simpático e facilidades como resultados online, além é claro de atender meu convênio.


Quais evidências a fazem perceber que um laboratório é de qualidade para você?


Agilidade na coleta e entrega dos resultados e texto claro nos laudos.



O que você valoriza no momento do atendimento em um estabelecimento como o laboratório?


Agendamento pelo whatsapp, uma sala de espera confortável e que ofereça alguma distração, rapidez, informações precisas sobre os convênios e a preparação, atendimento simpático.



Você já passou por alguma situação constrangedora realizando exames em laboratórios? Em caso afirmativo, na sua opinião o que poderia ter sido feito para que isso não ocorresse?


Acho constrangedor quando temos que levar amostras coletadas em casa ou coletar pessoalmente num toalete cuja porta fica à vista de todos, e entregar à atendente na frente dos outros pacientes que estão aguardando. Acho que isso deveria ser feito de forma mais discreta, talvez chamar o cliente numa sala reservada para essa entrega. Também não gosto quando a recepcionista pede informações mais íntimas em voz alta na presença dos outros clientes.

E você já foi surpreendida positivamente ao realizar seus exames? Em caso afirmativo, fale mais a respeito.


Sou influenciada positivamente por pequenos agrados como um café depois da coleta em jejum e sempre é muito bom ser atendida por uma pessoa gentil e bem-humorada. Também aprecio quando o laboratório entrega junto com os últimos resultados um quadro evolutivo incluindo exames anteriores.

Na sua opinião, qual a diferença entre realizar um teste em uma farmácia, e em um laboratório?


Sinceramente, do meu ponto de vista nenhuma, pois desconheço as diferenças técnicas entre os procedimentos. Precisei realizar um teste de Covid-19 e me senti bem atendida na farmácia, principalmente porque foi muito rápido.



Buscar entender o que cada cliente pensa acerca do seu laboratório pode ser um grande desafio. Sempre que possível, tente entender as motivações do seu público, e o que pode ser feito para manter as percepções positivas, e corrigir algumas percepções que podem não ser tão interessantes para a construção e o posicionamento da sua marca. Não deixe de fazer suas próprias reflexões e verificar como atender melhor os diferentes perfis que frequentam o seu laboratório.