whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

Os Desafios de Profissionalizar a Gestão


Os Desafios de Profissionalizar a Gestão

Em um mercado onde o conhecimento foi durante muito tempo acessível apenas para grandes empresas do mercado, era difícil encontrar os caminhos para a profissionalização da gestão. E aa faculdade, bioquímicos e farmacêuticos têm até hoje quase nenhum contato com o tema, e mesmo para aqueles que conseguem algum tipo de especialização, ainda se deparam com diversas dificuldades que os deixam sem respostas.

A verdade é que para aqueles que persistem na gestão laboratorial, muito ainda se faz com feeling e força de vontade. Mesmo assim, muitos problemas costumam ser empurrados com a barriga, e nos pegamos com frequência esperando que as situações se resolvam sozinhas. O ponto é que dificilmente a resolução sem esforço acontece, e que para você sair da sinuca de bico precisa se aprofundar no conhecimento e procurar a evolução contínua como gestor.

Pelo cenário exposto acima, abrimos o mês de maio com foco no desenvolvimento do gestor!

Entenda as principais dificuldades encontradas pelos laboratórios:

Gestão em Empresa familiar

Segundo a Pesquisa de Empresas Familiares no Brasil, divulgada pela PWC, as empresas familiares representam 80% das 19 milhões de companhias que existem no País. No entanto, um dado é preocupante: apenas 12% desses negócios conseguem se manter após a terceira geração familiar no comando. Vemos nos laboratórios que frequentemente ocorrem sucessão familiar:

- As regras não são bem definidas, e, quando definidas, dificilmente são seguidas pela própria gestão. - Nepotismo na contratação: quando existe uma preferência para contratar parentes ou amigos, ao invés de profissionais possivelmente mais qualificados. - Inexperiência da gestão perpetua-se por gerações. - Centralização do poder de tomada de decisão. - Sucessão da gestão por vezes é mal estruturada.

Manter a Saúde Financeira do Laboratório

Uma pesquisa realizada pelo SERASA no começo de 2017 informa que existem aproximadamente 5 milhões de micro e pequenas empresas em situação de inadimplência. E deixar o laboratório no vermelho é fácil, basta:

- Investir sem um planejamento estratégico que garanta o retorno do investimento - Não manter o fluxo de caixa em dia - Não saber quais exames dão prejuízo e quais dão lucro - Resgatar todo o ganho, e deixar a conta da empresa desamparada - Não gerenciar os gastos com a equipe, e ter mais gente trabalhando do que o necessário por conta de processos mal desenhados - Não planejar a compra de insumos

Falta de capital para investir

Segundo José Ricardo Roris Coelho, da Fiesp, 47% das empresas não estão conseguindo gerar caixa nem para pagar despesa financeira, e não há crédito para refinanciar dívidas”. (link) Ou seja, devido a grande inadimplência, os bancos não estão emprestando dinheiro, e o mercado não consegue capital de giro para que a economia cresça.

Com a conta alta, e o lucro baixo, fica difícil para o pequeno e médio gestor guardar dinheiro para investir em estrutura, tecnologia, qualidade e equipe, o que consequentemente afeta a gestão do laboratório.

Equipe despreparada

Um bom gestor consegue conduzir uma má equipe para o caminho do sucesso, mas dificilmente a equipe conseguirá fazer o contrário. Se a gestão está despreparada, e não está nem um pouco interessada em se profissionalizar, a equipe também ficará. Mesmo se você contratar um ótimo profissional, com o tempo ele não conseguirá colocar em prática o que ele sabe e acabará desmotivado.

Gestão que apaga incêndio

O grande sinal de que o gestor ainda não se profissionalizou o suficiente é que ele não arranja tempo para desempenhar suas funções como gestor, já que está normalmente “apagando incêndios”, ou seja, resolvendo problemas críticos que atrapalham a rotina do laboratório. É normal surgirem imprevistos e situações que eventualmente tomem um tempo que não foi previsto, porém, a recorrência desse tipo de situação está atrelada a desorganização e falta de experiência em prever problemas e construir processos mais seguros.

Como buscar a profissionalização

Agora que você já conseguiu visualizar um pouco das dificuldades que atrapalham a rotina do gestor e os distanciam de uma gestão mais profissional, vamos falar um pouco sobre pequenos hábitos que podemos implementar aos poucos no dia a dia, para que você possa burlar essas dificuldades e consiga evoluir no âmbito profissional.

A qualidade e o profissionalismo do laboratório começam do topo

Como falamos ali em cima, não basta apenas contratar um funcionário mais profissional para corrigir os problemas do laboratório: você, acima de todos os colaboradores, precisa trabalhar com qualidade e profissionalismo. A gestão do laboratório é o reflexo direto da cabeça e da experiência do seu gestor, por isso a importância de que cada vez mais gestores se conscientizem acerca da necessidade de se profissionalizar.

Organize-se: Dedique um tempo para se aperfeiçoar

Estamos sempre ocupados, trabalhando, resolvendo problemas e, no final do dia, quando chegamos em casa, só queremos descansar um pouco e curtir a família. Por mais formado que você seja, e mais especializações no currículo, o tempo dedicado para se aperfeiçoar deve ser constante e para sempre.

Os tempos mudam, as pessoas e as regras do negócio mudam, e a prova disso é que não basta mais apenas abrir as portas do laboratório para ganhar dinheiro: é preciso captar e conquistar novos clientes todos os dias.

Reserve pelo menos 30 minutos por dia para desempenhar alguma tarefa que contribua para a profissionalização da sua gestão. Vale a pena e em pouco tempo você já começa a ver resultados.

Leia mais, leia muito mais

Segundo a pesquisa Retratos da Leitura, 44% da população brasileira não lê e 30% nunca comprou um livro. Dos 56% que leem, o índice de leitura ainda é baixo: 4,96 livros por ano. Ainda segundo a Market Research World, a Índia tem a população que mais lê no mundo, gastando em torno de 10 horas por semana com leitura.

Ler é necessário, e os benefícios são inúmeros: você exercita a mente, aprende mais em menos tempo, se entretém (você não precisa ler apenas conteúdos relacionados à gestão: você pode diversificar!).

Procure ler sobre aquilo que você tem dificuldade, e para os conteúdos que você acha que já conhece o suficiente, procure se manter sempre atualizado.

Fuja das fórmulas mágicas

Evite contratar produtos, consultorias, cursos ou qualquer tipo de serviço que prometa o sucesso em pouco tempo. A grande verdade é que esse tipo de solução não existe. A gestão toma tempo, dedicação e muita força de vontade, e dependerá quase que integralmente do seu esforço: dificilmente alguém de fora vai fazer isso por você.

Procure cursos

Existem cursos de profissionalização de gestão de mais de R$ 5.000,00, e existem cursos de R$ 50,00. Tente começar pelos mais baratos primeiro, para ver se você gosta da função e está pronto para encarar esse aperfeiçoamento. Pegar algo mais caro de primeira pode ser um gasto desnecessário: você vai contratar o serviço, mas pode não ter tempo de executá-lo ou ainda não estar pronto para lidar com o aprendizado.

Comece exercitando esse novo hábito, para ele se tornar parte gratificante do seu dia a dia!

Aprenda com quem já passou por isso

Uma parte do conhecimento relacionado a profissionalização da gestão aprendemos com os erros e acertos do próximo. Se a concorrência próxima é muito acirrada, procure gestores de outras regiões para trocar experiências. Eventualmente, você encontrará alguém que já passou pelo mesmo problema e está disposto a compartilhar a solução com você.

Mantenha-se motivado: Não pegue muito pesado com você mesmo

Se a faculdade ensina a gestão direito para você, não se cobre demais: errar faz parte do seu desenvolvimento como um gestor mais profissional. Além do mais, muitas práticas consideradas erradas pelos mais profissionais podem funcionar perfeitamente para você, e isso é ótimo.

Não se sinta culpado por não estar conduzindo o laboratório 100% como você esperava: faz parte, e sempre vai existir algo para melhorar. Quanto mais você tentar, mais você vai errar, e acertar também. Por isso, somente a persistência e o foco vão te ajudar a atingir seus objetivos.

E você pode sempre contar com o Aceleralab! Estamos junto com você nessa jornada da profissionalização. Neste mês, disponibilizamos uma série de conteúdos para auxiliá-lo a se tornar um gestor cada vez mais profissional. Caso tenha alguma sugestão de pauta, clique aqui.

#DesenvolvimentodeCarreiras