whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

O que você precisa saber sobre o Gerenciamento do Ambiente Laboratorial (GAL)




Com a necessidade urgente de profissionalização da gestão que a pandemia trouxe para os laboratórios que ainda não haviam se ajustado aos novos tempos, muitas ferramentas e processos que antes não eram relevantes, passaram a ganhar atenção. Um deles, é o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) ou, como é conhecido em inglês, o Laboratory Information System — LIS, um grande aliado do gestor laboratorial e que pode ser muito mais útil do que parece em tempos de crise.


O que é o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL)?


O GAL é um software desenvolvido para modernizar e otimizar as funções dos laboratórios em todas as etapas — tendo sido elaborado para estabelecimentos que fazem exames de média e alta complexidade. Através dele, é possível ter acesso a informações estratégicas importantes do laboratório, além de permitir a organização de processos e otimização da rotina.


O que não pode faltar um GAL eficiente?


Existem inúmeras soluções no mercado, mas será que o seu software possui o que é necessário para te ajudar em tempos de crise? Veja quais funcionalidades não devem faltar em um GAL eficiente.


Gestão financeira: O bom controle de finanças permite planejar com mais eficiência o negócio, principalmente quando precisamos de tomadas de decisões rápidas em relações à custos e a geração de receita.


Gestão de riscos: Com um sistema de gestão, é possível registrar tudo o que foi feito, quem foi o responsável por determinado exame e para quem foram liberados os dados. Esse nível de controle aumenta a segurança das informações, do trabalho e reduz as chances de erros. Em um cenário com maior risco jurídico, como é o pandêmico, uma gestão de riscos é uma ferramenta indispensável.


Gestão da rotina: Atraso no laboratório de apoio, falta de insumos e gargalos na rotina, esses são apenas alguns dos cenários que pudemos presenciar na crise. Para atender os prazos curtos de entrega dos resultados de exames, respeitar os prazos de contratos com clínicas, hospitais e planos de saúde e assegurar a satisfação dos clientes, o laboratório precisa ter agilidade no seu trabalho e garantir a confiabilidade nos resultados. Um bom gerenciamento de rotina, aliado a funcionalidades como liberação digital de resultados (on-line e via SMS), envio de laudo por e-mails, dentre outras funcionalidades, podem auxiliar você a manter os prazos de entrega.


Apoio ao relacionamento com paciente: O atendimento do paciente também é melhorado com o uso do GAL, que cria um banco de dados de cada paciente que passa pelo seu laboratório — gerando um histórico de informações sobre todos os diagnósticos realizados. Os resultados das análises saem acompanhados desse histórico, o que ajuda a fidelizar os seus clientes. Além disso, é importante contar com mecanismos de contato diversificado que auxiliam na fidelização: telefone, SMS e e-mail, por exemplo. Tudo isso facilita e melhora a relação entre laboratório e paciente.


Como o GAL ainda pode te ajudar a sair da crise?


Maior agilidade na entrega de laudos: O GAL faz o acompanhamento do paciente desde o cadastro até o recebimento dos exames. Esse gerenciamento agiliza a liberação dos resultados online pelos analistas responsáveis e emite, em tempo real, relatórios epidemiológicos.


Facilitação de fluxos e processos:

Entre as diversas facilitações oferecidas pelo GAL estão:


- a conferência das amostras obtidas, com o intuito de evitar o envio de material que não seja adequado para a realização dos exames;

- a agilidade dos fluxos e processos, desde o cadastro dos clientes até a entrega dos laudos;

- o gerenciamento de amostras, desde o cadastramento das solicitações de análises, até a emissão dos relatórios — e, se for o caso, a comunicação sobre Doenças de Notificação Compulsória.

- Como o seu sistema foi desenvolvido em rede, é possível que todos os colaboradores tenham fácil acesso às informações sobre o paciente — proporcionando um alto nível de segurança e qualidade dos serviços realizados.


Tomada de decisão sobre saúde pública: O GAL controla as permissões e configurações de todos os laboratórios que pertencem às redes, potencializando a tomada de decisões sobre a saúde no país, em caso de surtos e epidemias — tendo, como base, informações relevantes oferecidas pelo Governo.


A ferramenta é proposta como um instrumento de controle e monitoramento de exames laboratoriais, fundamental não só para a gestão, mas também para o acompanhamento dos programas de saúde pública do Brasil.


Além disso, ela gera indicadores aos gestores do laboratório referentes a todas as esferas nacionais — distrital, municipal, estadual e federal —, possibilitando a identificação dos casos confirmados de Doenças de Notificação Compulsória pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAM).


Descentralização dos processos de trabalho: Uma vez que os dados podem ser integrados e acessados de diferentes setores, o poder conferido pela posse da informação deixa de ser privilégio de determinados setores. Dessa forma, é possível que uma equipe dê continuidade a um trabalho iniciado por outra, sem que isso influencie negativamente nos resultados ou mesmo no andamento do processo.


Dessa forma, constrói-se uma espécie de rede, em que cada setor desempenha a sua parte nas atividades do laboratório até chegar aos objetivos finais. Entretanto, é importante que, além de saber utilizar a ferramenta, todos estejam também alinhados às expectativas e funcionalidades da instituição como um todo.


Modernização e padronização de resultados de exames: Quando os resultados de exames são emitidos em um sistema específico, eles podem tornar-se padrão, independentemente do profissional que realizou a análise. Tal medida é uma forma de conferir maior confiabilidade ao laboratório, uma vez que a padronização torna-se uma marca relacionada diretamente à organização e qualidade.


Gostou deste artigo sobre gerenciador de ambiente laboratorial? Que tal conhecer mais sobre o Unilab, o Gerenciador de Ambiente Laboratorial da Uniware? Clique aqui no botão abaixo e saiba mais.


https://materiais.unilab.com.br/solicitar-contato-acelera