Patrocinadores
Cepheid-logo-horizontal.png
logo.png
Colunistas
Logo aceleralab.png
Ativo 2.png
Ativo 1.png
whatsapp.png

Receba nossas atualizações por Whatsapp! Gratuito, relevante e aplicável.

Como Organizar o Laboratório para Você Sair de Férias



Tirar férias não é uma tarefa simples para o gestor de um estabelecimento de saúde. Ficar longe da rotina por alguns dias pode assustar, por parecer que o laboratório não tem autonomia o suficiente para funcionar sem a sua presença. No entanto, após um período turbulento de trabalho, como foi o caso da pandemia, os períodos de folga são essenciais para manter a produtividade e a saúde mental.


Para ajudar você a planejar o seu descanso, separamos algumas dicas nesta pauta!


Afinal, eu consigo tirar férias?


Sim, consegue! Contanto que exista planejamento, o gestor pode se ausentar da rotina para descansar. Às vezes, somos induzidos a acreditar que trabalhar sem folga ou descanso é algo normal, mas a verdade é que ao fazer isso, o gestor acaba se exaurindo, prejudicando a qualidade de vida e perdendo produtividade e qualidade nas suas decisões.


Quando nos afastamos um pouco do dia-a-dia de trabalho, recarregamos as energias, voltamos a sentir satisfação no nosso trabalho e conseguimos ver soluções alternativas para problemas rotineiros persistentes.


Assim como um funcionário, os proprietários também precisam de descanso. E com a devida organização e planejamento, você pode sair de férias sem que isso traga consequências negativas para o laboratório.


Conhecer a rotina da gestão é fundamental


Antes de mais nada, o gestor que deseja tirar férias precisa conhecer de ponta-a-ponta a rotina do seu laboratório. Somente dessa maneira é possível criar um planejamento consistente, com poucas ou até nenhuma intercorrência.


Tenha a estrutura do planejamento de trabalho de um mês em suas mãos. Isso inclui: o calendário financeiro, a gestão de estoque, e as datas limites de envio de faturamento para operadoras de saúde, além do pagamento da folha e fornecedores, controle de estoque de insumos, entre outros.


Com essas informações, desenvolva um checklist de tarefas a serem antecipadas que dependem de você. Quanto mais você antecipar e planejar, menos chances terá de pausar as férias para resolver pendências do laboratório.


Delegue funções da gestão e defina responsabilidades


Nem todas as tarefas da gestão podem ser antecipadas, e situações não programadas são comuns de ocorrerem em todos os meses do ano. Por segurança, o gestor precisará delegar funções e responsabilidades para colaboradores da sua confiança.


Se quando você sai do laboratório para descansar você sente que ele vai parar de funcionar, pode ser que falte confiança no seu time de trabalho. Reflita se o seu time precisa de uma capacitação para as funções que costumam ter mais imprevistos. Caso você verifique que não exista ninguém com a habilidade necessária para assumir funções de gestão, considere a contratação de um perfil com a qualificação necessária, como um gestor intermediário para assumir parte das suas funções.


Uma dica importante é testar a dinâmica de trabalho com a equipe antes de sair efetivamente de férias. Comece delegando a resolução de problemas complexos no mês anterior, enquanto você estiver no laboratório, para supervisionar e dar um feedback para os funcionários. Isso pode, inclusive, deixá-los mais à vontade com as novas funções.


Posteriormente, comece a trabalhar home office e afastado da rotina, para acompanhar o desempenho remoto do time. Quando você sentir que a equipe está desempenhando satisfatoriamente as suas funções, pode ser o momento em que seu descanso não irá atrapalhar a rotina do laboratório.


Escolha períodos de baixo movimento no laboratório


Se você ainda não se sente seguro em deixar a rotina funcionando na sua ausência por muito tempo, prefira viajar em períodos em que o laboratório não tem tanta demanda, pois isso evitará que problemas inerentes ao alto volume de exames laboratoriais aconteçam, como atraso na liberação de exames, falta de funcionários, entre outros. Assim, seus colaboradores terão mais tempo para resolver os problemas que vierem a surgir e a situação tenderá a se manter sob controle.


Planeje-se financeiramente


Vale lembrar que o gestor deve se programar financeiramente para a viagem, evitando fazer uso das reservas financeiras do laboratório para isso. Além de impactar na saúde financeira do negócio, confundir as contas pessoais com empresariais pode levar a falta de fluxo de caixa no futuro.


Parcele suas férias


Outra maneira de sair de férias quando a gestão do laboratório depende muito de você, é fazer descanso parcelado. Ao invés de sair do 30 dias, saia duas vezes de 15 dias, 3 vezes de 10 dias ou vários finais de semana prolongados, até que você se sinta seguro o suficiente para deixar o laboratório por períodos maiores.


Gerenciando à distância


Quando o negócio ainda é muito dependente, ainda é possível que o gestor precise se manter em contato com o time enquanto tira férias. Nesse caso, para minimizar os impactos do trabalho no período de descanso, marque horários específicos para que a equipe entre em contato com você, ao invés de permitir que enviem mensagens a qualquer momento.


A troca de mensagens pode ser feita por ligações agendadas, como uma ligação de quinze minutos, ou através de aplicativo de trocas de mensagens e gerenciadores de demanda, como o Trello. Esses dois últimos permitem que o gestor escolha o melhor momento para resolver as demandas.


De qualquer maneira, o ideal é que apenas uma pessoa fique responsável por gerenciar as demandas dos setores e entrar em contato com você.



Tirar férias não é uma tarefa fácil para pequenos empreendedores, mas também não é impossível: com um pouco de organização, comunicação e planejamento, você pode começar a descansar sem prejudicar o seu laboratório. Lembre-se que o seu time é o maior aliado nessa tarefa!