patrocinadores.png
Cepheid-logo-horizontal.png
Ativo 1.png
logo.png
whatsapp.png

Receba nossas atualizações por Whatsapp! Gratuito, relevante e aplicável.

Acerte o alvo: na rede social, fale ao coração



Certamente você já comprou aqueles cartões de felicitações de aniversário que ficam num display nas livrarias e vêm com mensagens padronizadas impressas. Por mais que os redatores sejam criativos nessas mensagens, elas são, como já dito, padronizadas; servem para qualquer um e na verdade, raramente trazem algo especialmente relevante em particular. Por isso, quase sempre, quando compramos esses cartões, adicionamos mais algumas palavras destinadas especialmente à pessoa que queremos cumprimentar.


O mesmo vale para as postagens do laboratório nas redes sociais. Quando queremos nos dirigir aos clientes em datas especiais, festivas ou solenes, como feriados religiosos, dias dos pais ou marcos sociais, é interessante encontrar um tom que, mesmo alcançando um grande grupo de pessoas, faça com que cada uma delas se sinta pessoalmente tocada, traga um tópico inovador ou relevante para aquele grupo, ou acrescente informações que agreguem aos interesses delas. Em outras palavras, mensagens mais personalizadas, que não passem a ideia de que se está simplesmente cumprindo uma formalidade da forma mais mecânica e rápida possível. Mas como acertar esse tom? Confira aqui algumas dicas e considerações:


Conheça seu público


“Conheça seu público” é um mantra repetido inesgotavelmente em toda matéria de marketing, mas não há como escapar dele. Neste caso, conhecer seu público significa saber que tipo de informação pode interessá-lo, que tipo de linguagem utilizar junto a ele, e como estabelecer com ele um verdadeiro contato que vá além de mera formalidade.


Por exemplo, se seu público é uma pequena comunidade unida em torno de uma forte religiosidade, você já sabe que feriados religiosos têm para eles um significado especial e merecem uma mensagem caprichada. Não faz mal personalizar a mensagem citando, por exemplo, a catedral, a procissão ou a decoração de natal que são o orgulho da cidade


O mesmo raciocínio se estende para outras alçadas: o time da cidade ganhou destaque num torneio estadual de algum esporte? É uma cidade cuja economia se apoia fortemente no agronegócio e realiza uma concorrida feira de lazer e negócios anualmente? Existe uma figura histórica ou de alguma forma célebre cuja memória é homenageada por ocasião de seu nascimento? Tudo isso pode criar uma conexão do seu empreendimento com essa comunidade, expressando seu interesse genuíno por ela.


Seja informal e criativo


Embora os chatbots e outras modalidades de atendimento automatizado sejam uma ferramenta valiosa e imprescindível atualmente, as postagens nas redes sociais ganham muito ao se diferenciar do tom enxuto e por vezes impessoal das conversas eletrônicas. E por isso, é nessas postagens que a linguagem pode assumir um tom um pouco mais relaxado e por assim dizer, verdadeiro. Existem muitas fórmulas sociais consagradas para cada ocasião, mas elas são exatamente isso, fórmulas prontas, que de tão repetidas podem soar destituídas de verdadeira intenção: “Feliz Natal”, “Próspero Ano Novo”, “Parabéns…” soam muito melhor se forem levemente adaptados ou vierem acompanhados de observações que demonstrem um cuidado maior em realmente estabelecer uma interação com o público.


Ao falar com esse público, tente por um instante conectar-se com a dimensão humana envolvida nessa troca, resgate suas próprias memórias e veja quais experiências possivelmente são compartilhadas por todos que lêem a postagem. Se for a postagem do dia das mães, por exemplo, em lugar de reproduzir lugares comuns sobre a maternidade, porque não estabelecer contato com mulheres reais, mulheres cujos filhos já se mudaram de casa, mulheres que são mãe-solo, ou que acumulam jornadas de trabalho para contribuir na renda familiar, ou exercem modalidades de maternidade não convencionais - por adoção, por afinidade, etc… - pense no que essa mãe gostaria de ouvir que a tocasse de verdade, além do já conhecido “Feliz Dia das Mães”. Óbvio que os limites da intimidade excessiva nunca devem ser ultrapassados.


Agregue informação


Pode apostar que o esforço de encontrar fórmulas vazias e impessoais para preencher o espaço de uma mensagem “padrão” é maior do que aquele que seria despendido com uma rápida pesquisa sobre o tema que se vai abordar, personalizando o assunto com um dado que pode ser novo para o público e vai atrair especial atenção à postagem. Pequenas curiosidades, fatos históricos, estatísticas, referências culturais funcionam maravilhosamente para turbinar o interesse no texto, que de outra forma seria lido da forma desatenciosa que se dispensa a assunto sem nenhuma novidade.


Numa postagem sobre o aniversário do município, por exemplo, quem sabe acrescentar uma pequena informação sobre os eventos que levaram à sua fundação, tantos anos atrás? Ou que lugar ele ocupa em determinado ranking de produtividade, ou as etnias que contribuíram para formá-lo? Quem sabe, numa postagem de ano novo, adicionar uma informação curiosa sobre as várias superstições populares ligadas a essa data, ou mencionar rapidamente que em outras culturas o ano começa em datas diferentes de primeiro de janeiro?


Invista na redação


Como vimos acima, há um equilíbrio delicado entre informal e invasivo, instrutivo e tedioso, acolhedor e emotivo além da conta. Tudo isso tem que ser calculado na medida certa considerando ainda que postagens longas não funcionam, portanto a concisão também é necessária. Neste caso, não é o tamanho que estipula o valor da mensagem, e sim a forma como todos esses “ingredientes” serão combinados de forma efetiva. Um pequeno texto de dois parágrafos pode demandar esforço considerável para atingir sua forma final.

Portanto, investir num profissional qualificado para elaborar essas mensagens pode ser uma ótima ideia. Em geral, esse é um serviço agregado ao pacote da assessoria de marketing contratada pelo laboratório, um plus que realmente maximiza resultados. Então, pense bem: da próxima vez que for falar aos seus clientes, pense em falar com o coração. Certeza que eles vão ouvir melhor.