whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

Vantagens e Desvantagens de Empreender


Abrir um laboratório não é uma tarefa fácil, e embora muitos gestores antigos afirmem que a remuneração para realizar exames já tenha sido melhor no passado, há uma série de outros fatores que podem contrapor esse benefício, tais como inflação, instabilidade econômica e falta de demanda.

Tendo em vista o cenário político e econômico atual, isto é, de imprevisibilidade, que perdura já faz um tempo, trouxemos algumas reflexões sobre as vantagens e os desafios de ser um empreendedor.

Quem é o empreendedor?

Provavelmente devido a filmes e livros biográficos, espalhou-se a percepção de que empreendedor é aquele que vive no mundo dos sonhos, tentando conciliar a criatividade com o mundo real, e que, em algum momento, por sorte do destino, obteve sucesso em seus projetos, alcançando assim um notável desenvolvimento financeiro. Entretanto, isso nem sempre é compatível com a realidade.

O empreendedor é, na verdade, aquele que abre um negócio por conta própria, ao enxergar uma oportunidade de mercado, e o transforma em uma organização lucrativa, valendo-se de suas experiências (ensinamentos, erros e acertos). Qualquer pessoa pode ser um empreendedor (você, alguém da família ou seu amigo, por exemplo), porém, é preciso muito planejamento e pesquisa, o que pode levar anos para fazer a ideia “dar certo”.

O que é “dar certo”?

No ramo laboratorial, muitos pensam que “dar certo” é abrir diversos postos de coleta, realizar milhares de exames e criar uma marca consagrada no mercado de análises clínicas. Além disso, acreditam que “dar certo” significa que o laboratório consegue arcar com todas as despesas, sendo possível retirar algum lucro dele. A verdade é que nenhuma das duas opções está errada.

Como o empreendedorismo não se encaixa exatamente em uma “regra” composta por conceitos e padrões definidos, ou seja, como não há uma fórmula de sucesso, aquele que deseja empreender pode ser flexível e tentar definir o que é “dar certo”, levando em consideração o mercado em que pretende atuar. Como o objetivo de qualquer empresa é lucrar, o “dar certo” ocorre quando as expectativas pessoais do dirigente do negócio são atendidas, ao mesmo tempo em que a organização tem as contas positivas.

Quais são os benefícios de ter seu próprio negócio?

1. Trabalhar com o que gosta: não é um chefe ou uma vaga de trabalho que vai definir o serviço do empreendedor; é ele mesmo!

2. Quem dita as regras é você: a menos que o negócio tenha um investidor para definir regras, quem organiza o fluxo de trabalho do negócio e diz como as coisas devem ser feitas é o dono do empreendimento.

3. Autonomia para decidir o que fazer com o seu tempo: seja para ir ao banco, seja para descansar em uma sexta-feira, o dono tem a liberdade de fazer o que quiser com o tempo dele.

4. Mais ganhos: ao contrário da restrição financeira gerada pelo salário, um negócio próprio pode gerar ganhos infinitos. Quanto mais o seu negócio lucra, mais o empreendedor ganha.

Benefícios de se ter um laboratório:

5. Apoio no cuidado com o outro: com a responsabilidade de apoiar 70% dos diagnósticos médicos, pode-se dizer que o laboratório é peça-chave no trabalho dos profissionais da saúde. Ajudar a promover o cuidado do próximo ao oferecer diagnósticos precisos e rápidos pode proporcionar satisfações pessoais surpreendentes.

6. Novos aprendizados: viver é um aprendizado constante, e estar dentro de um laboratório significa presenciar uma novidade por dia. Enxergar o organismo humano tão de perto permite visualizar microrganismos e suas interações com o corpo, algo que quase nenhuma outra profissão possibilita.

Quais são os desafios de ter seu próprio negócio?

1. Sem você, nada funciona: é possível faltar um dia ou dois, mas a ausência do dono por um tempo prolongado, sem a devida organização, pode influenciar negativamente na qualidade do negócio e na perda de clientes.

2. Impostos e ações trabalhistas: dividir grande parte dos ganhos com o governo e estar sujeito a receber ações trabalhistas fazem parte da rotina do empreendedor.

3. Insegurança financeira: além de gerar lucro, um negócio pode causar prejuízos e onerar o empreendedor. Ao contrário do regime CLT, cujo salário é sempre pago em dia, o dono de um empreendimento corre o risco de ficar sem receber por um mês ou até mais.

4. Estresse diário: noites mal dormidas, falta de cuidado com a própria saúde, ansiedade e depressão são apenas alguns sintomas e consequências de quem empreende.

5. Contas pessoais X Contas do negócio: desde colocar o próprio dinheiro como investimento, até retirar dinheiro do caixa para pagar uma despesa pessoal, a mescla de contas pode trazer transtornos para a saúde financeira do proprietário e do negócio.

6. Burocracia: o Brasil é um país, desnecessariamente, burocrático para quem tem negócios. Portanto, é preciso estar preparado (e ter muita paciência) para lidar com tanta papelada, contabilidade e com longos tempos de espera para resolver questões que, na maioria das vezes, são relativamente simples.

Desafios de se ter um laboratório:

7. Legislação mais intensa: quem tem um laboratório sabe dos desafios diários de se respeitar as legislações e atender as exigências das VISAs, que são geralmente caras e difíceis de se cumprir.

8. Preocupação especial com a qualidade: como o laboratório apoia o diagnóstico médico, é extremamente importante oferecer um serviço de qualidade, realizar a manutenção dos equipamentos de análises e participar de programas de acreditação para provar a confiabilidade junto ao mercado.

9. Processos judiciais: clientes mal-intencionados estão em toda parte, principalmente na área da saúde. No ramo laboratorial, por exemplo, há muitos processos que giram em torno de uma coleta, que deixou o paciente com a veia roxa, e de resultados de exames adulterados, como HIV, pelos próprios pacientes; ou seja, o laboratório dribla ameaças judiciais quase diariamente.

A vida de um empreendedor é muito diferente quando comparado à vida de um funcionário. No caso de um laboratório, além de o dirigente ter que enfrentar os desafios e as preocupações pertinentes ao setor, precisa ainda lidar com os altos e baixos do mercado. Assim, para garantir a estabilidade emocional e profissional, é importante vincular as metas e expectativas ao empreendimento, para que os lucros venham acompanhados da sensação de satisfação pessoal.

#empreender #desafios #vantagens #laboratório