whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

Os Segredos dos Laboratórios de Sucesso (e Porque Alguns não dão Certo)


A diferença entre o sucesso e o fracasso encontra-se no que decidimos fazer com as dificuldades encontradas no cotidiano

Provavelmente você já experimentou um contratempo no laboratório de alguma forma - seja por motivos financeiros, de equipe ou até mesmo na área técnica. Todos gestores experimentam provações ​​de tempos em tempos que desmotivam a posição de liderança. O importante não é quantos contratempos você encontra, mas o que se aprende com eles para reduzir maiores danos e evitar a recorrência.

Alguns hábitos aumentam as chances de sucesso: os melhores profissionais estão constantemente reavaliando suas falhas; estão sempre à procura de oportunidades de aprendizagem; Eles não se desanimam com os contratempos. Em vez disso, definem-os como uma oportunidade para melhorar.

Confira algumas práticas que favorecem os empresários de sucesso:

1. Mais do que o que você faz, entenda o que você é capaz de fazer.

Quando os gestores pensam apenas no que seus laboratórios fazem, encorajam seus colaboradores a se concentrarem em repetir ou iterar os pensamentos anteriores, na esperança de que esses esforços funcionem. Mais do que fazer exames laboratoriais, é necessário desenvolver um sistema que crie valor de verdade para o usuário do serviço, tornando o laboratório a melhor opção pelo seu posicionamento diferenciado.

2. Sob o ombro de gigantes

Você adquire conhecimento quando está em contato com pessoas inteligentes. Envolva-se com pessoas cognitivamente diferentes, e faça muitas perguntas. Seja curioso. Fazer perguntas é uma maneira poderosa de criar seu próprio banco de conhecimento, e permitir que outras pessoas também desenvolvam visões diferentes.

3. Aprendendo sempre

Toda solução começa com uma pergunta. Se quiser uma resposta melhor, faça uma pergunta melhor. Aprender é um processo contínuo, ao longo da vida, que não pára depois que você é bem sucedido. É necessário promover o aprendizado como parte da cultura organizacional. As perguntas-chaves para o aprendizado são: “O que esperávamos que aconteceria? O que realmente aconteceu? O que causou a diferença?”. Se, como indivíduo e em equipe, você sempre faz essas perguntas, pode se tornar mais suscetível ao sucesso.

4. Inteligência emocional

A inteligência emocional é a capacidade de identificar, interpretar e gerenciar as emoções em si mesmo e em todas as situações. Simplificando, é saber quando falar, quando ouvir, quando ir embora. Enquanto o Q.I. trata de conhecimentos de cunho intelectual e científico, a inteligência emocional trata de saber reconhecer e a lidar com sentimentos e emoções, na busca do desenvolvimento pessoal e profissional. A boa notícia é que a inteligência emocional também pode ser aprendida e desenvolvida.

O que pode estar errado?

Se algumas práticas conduzem ao sucesso, é natural que alguns comportamentos tenham a força contrária. Algumas práticas negativas podem comprometer o sucesso profissional e do laboratório, que acaba lutando apenas pela sobrevivência no mercado. Confira o que pode limitar o seu desenvolvimento e do laboratório:

1. Muita prática, pouca teoria

Para ter sucesso com seus principais objetivos, você precisa ter um plano. Não ter um plano aumenta suas chances de falhar. Não pesquisar e não planejar adequadamente cria respostas reativas e menos efetivas. Crie um plano baseado em pesquisas e comece a pôr em prática.

2. Muita teoria, pouca prática

O contrário do item acima também é verdadeiro. Algumas vezes, podemos nos perder em possibilidades e passamos dias e semanas apenas sonhando e planejando, sem fazer nada para concretizar nossas ideias. É necessário um equilíbrio entre adquirir conhecimento e prática-lo em benefício da gestão do laboratório.

3. Mudar é sair da zona de conforto

A realização de grandes objetivos empresariais exige sacrifício. Você pode ter que desistir do tempo fazendo coisas que você gosta, ou ter que administrar melhor o seu tempo para conseguir realizar mais coisas em menos tempo. O sacrifício não precisa ser para sempre, pode ser até atingir seus objetivos.

4. Não escute crenças auto-limitantes

Lidamos com sentimentos e pensamentos de experiências passadas que nos impedem de fazer mudanças e cumprir nossos objetivos. Nós dizemos a nós mesmos que não somos inteligentes o suficiente, que não temos sorte, ou que não temos o que é necessário. Mas os limites muitas vezes são subjetivos, e precisam ser ultrapassados para o sucesso empresarial.

5. O medo do fracasso e da reação pública

Temos medo de falhar, mas mais do que isso, temos medo de parecer ruins. Ficamos aterrorizados com o que outros pensam em nós, porém as falhas fazem parte do empreendedorismo e, às vezes, precisamos de dificuldades e perdas para amadurecermos nossas ideias e vencermos limitações próprias. A falha não deve ser um evento final. Deve ser uma oportunidade de aprender e crescer.

6. Esquecendo por que você começou

Nos sentimos frustrados com a demora do sucesso e nos distraímos. Empreender é um caminho mais difícil, mas uma vez que você alcança seus objetivos, valerá a pena. Sempre mantenha sua mente focada no porquê do seu negócio. Isso não é apenas sobre dinheiro ou fama, há algo mais profundo que está movendo você.

Algumas perguntas para se fazer todo o dia

- Eu trabalhei em direção aos meus objetivos hoje? - Quais hábitos eu preciso parar? - O que me motiva hoje? - Fui o tipo de pessoa que quero ser? - Quais erros eu cometi hoje e, o que posso aprender com eles? - Pelo que eu sou grato hoje?

Nós do Aceleralab esperamos que você não desista dos objetivos que você definiu para si e para o crescimento do seu negócio. Seus objetivos são importantes e mesmo que existam falhas, busque aprendizado. Não perca o foco. Sucesso a todos nós!