whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

Frases que Devem ser Evitadas pela Gestão


Sabe-se que um dos papéis do gestor é orientar e auxiliar os colaboradores a manterem a disciplina dentro do laboratório. No entanto, a pressão por resultados, a falta de paciência e o estresse podem levá-lo a se expressar de forma automática, sem pensar nas consequências negativas que seus comentários acarretam. Na pauta de hoje, apontaremos algumas frases que devem ser evitadas pela gestão no tratamento com seus funcionários.

Razões para se atentar às palavras utilizadas

Em qualquer ambiente profissional, é vital incentivar a comunicação. Embora, para algumas pessoas, seja difícil trabalhar essa questão, o diálogo é fundamental para a boa convivência. Ser rude e falar sem pensar nas consequências são atitudes que podem deslegitimar o gestor, causando assim um descrédito da equipe. Com isso em mente, vamos as frases:

“Precisamos fazer mais, com menos recursos”

Já comentamos, em uma de nossas postagens, como não tratar os funcionários mais produtivos, porém, não custa lembrar: delegar mais trabalho para colaboradores que se encontram sobrecarregados pode desmotivar o clima organizacional, pois passa a impressão de que o gestor quer que a equipe trabalhe ainda mais, sem ganhar nada por isso.

Como nós sempre podemos desempenhar melhor um serviço, naturalmente um gestor interessado tentará potencializar a produtividade da equipe. No entanto, se o laboratório possui gargalos e deficiências nos processos, não adianta cobrar mais esforço do time; organize seus processos primeiro.

“Se você não quiser fazer o trabalho, arranjo outro que faça”

Ameaçar os colaboradores por não realizarem determinado serviço da forma como você gostaria, sob o risco de perder o emprego para outro, é uma atitude que traz prejuízos para o convívio. Além disso, o colaborador pode estar com dificuldades operacionais para realizar determinada tarefa por conta de algum processo deficiente criado pela gestão.

Após a ameaça, é possível que o trabalhador realize a tarefa solicitada com desmotivação, ou, pior, de forma errada somente para contestar o gestor.

“Você tem sorte de ter um trabalho”

Essa frase também pode ser facilmente dita para alguém que não está atingindo o desempenho desejado, mas soa terrivelmente injusta para o funcionário. Afinal, fazer uma contratação não significa prestar um favor ao contratado. As relações de trabalho são bilaterais, ou seja, o laboratório também está sendo beneficiado pelas tarefas desempenhadas. Ao se indispor com um funcionário devido à sua baixa produtividade, opte por uma conversa clara e objetiva acerca das expectativas da empresa. Se não for suficiente, pode ser a hora de tomar uma atitude mais incisiva.

“Não tenho tempo para ouvir suas reclamações”

Como parte do trabalho da gestão, ouvir o que os colaboradores têm a dizer é importante para melhorar o canal de comunicação e para saber tudo o que está acontecendo no laboratório. Quando um funcionário resolve partilhar sua aflição ou seu desgosto com alguma situação, mesmo que seja um assunto pessoal, é preciso parar e escutar com atenção, pois isso demonstra a confiança que ele tem com o gestor; além disso, tal assunto pode estar diretamente relacionado com questões de interesse do laboratório.

Desencorajar o feedback dos colaboradores faz com que o gestor conduza a sua equipe com uma venda nos olhos, sendo assim, ficará mais difícil saber quais são as atividades que precisam ser revisadas.

“Quando chega a hora da saída, todos só pensam em ir embora”

Como a prática de trabalhar até tarde é muitas vezes necessária para o gestor, pode ser que ele encoraje outros colaboradores a ficar após o expediente como um sinal de dedicação ao laboratório. No entanto, não se deve, de maneira alguma, pressionar os funcionários a permanecerem na empresa para compensar uma tarefa que não foi realizada.

A produtividade dos colaboradores tende a baixar se tiverem que trabalhar, constantemente, até mais tarde, ou se precisarem chegar mais cedo para adiantar/finalizar um serviço. Caso seja frequente a necessidade de ficar depois do horário, considere revisar os processos, visando a melhoria ou a contratação de uma pessoa adicional para dividir a carga de trabalho.

“É assim que as coisas são feitas”, “nós já tentamos isso antes” ou “pago você para fazer, não para pensar”

Tais frases carregam o mesmo significado que: “o laboratório não pretende mudar, não importa o quanto a sua ideia inovadora possa resolver o nosso problema”. Com esse tipo de comentário, além de dar um banho de água fria no colaborador que apenas quer ajudar nos negócios, o gestor ainda pode tolher a capacidade do funcionário de pensar em soluções por conta própria. Esteja sempre disposto a ouvir a equipe, mesmo que a solução proposta já tenha sido aplicada anteriormente. Estimule o diálogo e explique o que foi feito, ou ainda porque acha que a solução não funcionou, para mostrar que se importa com o que o colaborador tem a dizer.

“Desculpe, não posso fazer nada”

Para os colaboradores, esse tipo de frase é uma grande mentira, afinal, o gestor sempre pode buscar alternativas para resolver algum problema. Quando não houver uma solução imediata, deve-se procurar mais informações sobre a questão levantada. Dessa forma, o colaborador se sentirá ouvido e, provavelmente, terá empatia ao saber que o gestor já buscou soluções para os problemas apontados.

“Você está fazendo isso de forma perfeita”

Os elogios nem sempre são positivos: é possível atrapalhar o desempenho dos seus colaboradores ao “supervalorizar” pequenos esforços, já que pode colocar a pessoa em questão em uma posição de conforto, levando-a a pensar que não precisaria se aprimorar mais. Elogiar o trabalho do funcionário é importante, pois mantém o clima de motivação, mas para que isso não se torne um problema, deve-se criar uma cultura de feedback construtivo dentro do laboratório, que permita o desenvolvimento contínuo dos funcionários.

Você se identificou com alguma das frases acima? Não se preocupe! O cargo de gestor, assim como qualquer outro, está sujeito ao constante aprimoramento; portanto, ao constatar um possível equívoco na comunicação com os colaboradores, não seja tão crítico consigo mesmo: nunca é tarde para admitir sua falha e mudar suas atitudes. O exercício de empatia (se colocar no lugar do funcionário) pode ajudá-lo a evitar o uso dessas frases prejudiciais.

#frases #colaboradores #palavras #gestão #evitar