whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

A Valorização dos Laboratórios Clínicos


Da esquerda para a direita: Jordana Rosati, Alexandre Andrade, Dr. Luiz Fernando Barcelos e Dr. Humberto Tibúrcio.

Participar do Fórum de Valorização dos Laboratórios, que aconteceu no 46º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas (CBAC), foi um acontecimento de grande relevância para nós, Jordana Rosati e Alexandre Andrade, criadores do Portal Aceleralab. Afinal, o evento é um dos mais importantes do setor no país. Nesse fórum, discutimos um pouco sobre os desafios que percebemos ao assumir o marketing de diversos laboratórios distribuídos pelo Brasil, e anunciamos a nossa parceria com a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), o que possibilitou o desenvolvimento de duas frentes de valorização da área: o movimento Valorizalab, voltado aos laboratórios, e a campanha “Exames pela Vida”, que busca conscientizar a sociedade sobre a importância dos exames laboratoriais.

Sobre o fórum

O evento começou com a palavra do presidente da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), Dr. Luiz Fernando Barcelos, que ressaltou a importância de ensinar a sociedade a reconhecer o valor dos exames laboratoriais, e o quanto eles podem ser decisivos no diagnóstico e tratamento de uma enfermidade. Em seguida, o presidente do Congresso Brasileiro de Análises Clínicas (CBAC), Dr. Humberto Marques Tibúrcio, apresentou proposições sobre ética e competência, ilustrando a importância do compromisso dos laboratórios com o setor em que atuam. Para reforçar, trouxe as principais legislações que regulam a área.

Contamos ainda com as presenças do Dr. Marcos Fleury (LACFAR-UFRJ) e a Dra. Karina Scardueli (LACEN-SC), que trouxeram reflexões e compartilharam suas experiências sobre a implementação da qualidade com recursos escassos dentro do laboratório, tais como o dever de salientar o propósito de uma atividade durante o treinamento periódico de um colaborador, ou, ainda, de que não é preciso esperar uma acreditação, por exemplo, para ter um controle da qualidade eficiente dentro do laboratório: seguindo-se a RDC, e munido com boa vontade, é possível garantir boas análises clínicas. “Quando estiver com dúvida sobre o que fazer com um resultado, trate-o como se fosse o de um familiar seu”, ressaltou ainda o Dr. Fleury.

Da esquerda para a direita: Dr. Marcos Fleury, Jordana Rosati, Dra. Karina Scarduelli e Alexandre Andrade

Sobre a palestra: “Os Elementos da Valorização Laboratorial”

O diretor executivo do Portal Aceleralab, Alexandre Maçada Andrade, detalhou os elementos que levam à valorização laboratorial. Para começar, segundo ele, é preciso conhecer profundamente as necessidades e o perfil do paciente. Com base nessas respostas, o laboratório deve passar a oferecer exatamente o que o seu público procura. “Se a maior parte dos atendimentos é de gestantes e famílias com crianças, ter um espaço kids é um valor importante. Mas se a maior parte do público for composta por pessoas que têm dificuldade de horário, a agilidade e presteza são atributos mais valorizados. Tudo depende de quem é o público que está sendo atendido”, reforçou o diretor.

Ainda de acordo com Alexandre, tendo estabelecido os valores dos procedimentos, é fundamental comunicá-los pelos meios corretos e pelas formas adequadas ao consumidor final. “Se o paciente não conseguir perceber o valor/diferencial do laboratório, ele vai continuar procurando somente pelo preço. O preço só começa a ser percebido como justo, quando os benefícios encontrados superam o quanto eles custam”, pontuou.

Durante a palestra, um dos artigos mais comentados foi sobre os “Elementos de Valor”, escrito por Eric Almquist, John Senior e Nicolas Bloch e publicado pela Harvard Business Review em Setembro de 2015, disponível aqui. No artigo, são elencados 30 elementos que compõem a pirâmide de valor, que começam nos valores funcionais, passando pelos emocionais, os que promovem a mudança de vida e os que geram um impacto social. Para complementar a temática, Jordana Rosati, diretora de produção, propôs aos participantes uma reflexão sobre quais são os elementos de valorização que o laboratório possui, e quais ainda precisa desenvolver para continuar competitivo.

Sobre o movimento “Valorizalab”

O movimento de Valorização das Análises Clínicas, ou Valorizalab, é uma iniciativa da SBAC que tem como objetivo valorizar as análises clínicas no Brasil através de quatro grandes pilares: a qualidade, a ética, a competência e o marketing. Busca-se, com esse projeto, dar subsídios para que os laboratórios consigam comunicar, de maneira mais assertiva, a sua importância para a sociedade, utilizando-se de conteúdos informativos, educacionais e materiais de apoio para download.

A campanha “Valorizalab” é uma das frentes do projeto de valorização das análises clínicas, e está voltada para o gestor laboratorial, contendo uma série de conteúdos informativos e educacionais que o auxiliarão a se comunicar melhor com o público do laboratório (pacientes e profissionais solicitantes, por exemplo).

Sobre a campanha “Exames pela Vida”

A campanha “Exames pela Vida” é a segunda frente do projeto, e visa conscientizar a sociedade sobre a importância e o funcionamento de um laboratório de análises clínicas, explicando, de forma compreensível para o público leigo, temas como qualidade técnica, segurança do laudo, métodos de análise, utilidade dos exames laboratoriais, valores de referência, dúvidas gerais, e muito mais.

Os conteúdos informativos serão repassados para o público através de postagens nas redes sociais e peças gráficas, como folders e banners. Tais materiais poderão ser compartilhados e impressos pelo laboratório, caso seja um associado da SBAC. Para associar-se, cadastre os seus dados aqui.

Para saber mais sobre as duas campanhas, acesse os sites:

www.valorizalab.com.br www.examespelavida.com.br