whatsapp.png

Faça parte da nossa rede de apoio ao empreendedorismo laboratorial e receba notícias em seu e-mail e material bônus em seu Whatsapp. 

Clique e conheça nossos apoiadores:

Logo aceleralab.png
Cepheid-logo-horizontal.png
SBAC.png
logo.png

Como Mudar a Cultura do Laboratório


A tradição e o nome do Laboratório podem ser um grande diferencial de mercado. Porém, junto a tradição muitas vezes encontram-se posturas obsoletas que dificultam o crescimento do laboratório. A cultura organizacional deve ser revista periodicamente para oxigenar os processos, metas, papéis, comunicação entre setores, e outros construtos - enraizados ao longo do tempo. No artigo de hoje, trazemos alguns pontos de atenção para obter sucesso atualizando a cultura do laboratório.

A Formação da Cultura

A cultura organizacional é formada ao longo dos anos através da interação dos participantes do laboratório. Na maioria das vezes, a cultura guarda relação com o estilo de trabalho do fundador. É possível que a cultura organizacional atual não seja tão ruim, ela apenas não é eficiente para cumprir as metas de crescimento do laboratório. Assim, a principal razão para a revisão da cultura é adequar aos valores e metas voltadas ao crescimento do laboratório.

Quando as pessoas envolvidas com a cultura percebem e reconhecem que a cultura atual precisa se transformar para apoiar o sucesso e progresso da organização, a mudança é mais tranquila. Porém a mudança nunca será fácil: requer compreensão e compromisso.

Os 3 passos para a mudança

Existem três etapas importantes envolvidas na mudança da cultura de uma organização.

1. Reconhecimento da cultura atual: Antes que um laboratório possa mudar sua cultura, ele deve primeiro entender a cultura atual ou a maneira como as coisas estão funcionando atualmente.

2. Planejar a cultura desejada: Após entender a cultura organizacional atual, deve-se então decidir onde se quer ir, definir a direção estratégica e decidir o que a cultura organizacional deve ter para obter sucesso.

3. A hora da mudança: Por fim, os indivíduos da organização devem decidir mudar seu comportamento para criar a cultura organizacional desejada. Com certeza, esse é o passo mais difícil na mudança de cultura.

1. Reconhecendo a cultura atual

Quando se trabalha diariamente em um laboratório é difícil reconhecer a sua própria cultura, pois ela está quase no inconsciente - como andar de bicicleta. É necessário enxergar o laboratório com novos olhos, analisando as interações entre pessoas e a forma como são conduzidas as tarefas.

- Tente ser um observador imparcial da cultura: Verifique como os colaboradores estão interagindo na organização como se você estivesse observando o grupo pela primeira vez. Anote as suas observações sobre receptividade, produtividade, ociosidade e resolução de conflitos.

- Fique atento às emoções: As emoções são indicativos de valores. As pessoas são indiferentes às coisas que não são importantes para elas. Anote as observações relativas ao engajamento, interações com clientes e entre funcionários, e o que deixa as pessoas do laboratório felizes ou tristes.

- Repare no ambiente: Olhe para os objetos que estão em cima das mesas de trabalhos e os quadros na parede. Verifique como as mesas estão dispostas e se o ambiente está de acordo com as interações que você gostaria que acontecesse. Preste atenção nas fotos, enfeites e outros elementos que possam ajudar a entender a cultura atual do seu laboratório.

- Preste atenção no discurso dos colaboradores: Se em nenhum momento eles tocam em assuntos como aumento do número de pacientes, controle de qualidade, ou outros elementos que você julga importante, tome nota. É um grande indício da cultura atual.

Após todas essas anotações, reflita sobre o que deve continuar sendo feito, o que deve começar a ser realizado e o que deve-se parar de fazer no laboratório. Esse é o primeiro passo para planejar uma cultura voltada para o sucesso.

2. Planejando a Cultura desejada

Antes de fazer qualquer alteração na cultura, o laboratório precisa decidir onde quer chegar. Um exercício interessante para auxiliar no desenvolvimento da nova imagem da cultura é revisar a missão, visão e valores, pois eles são os melhores guias de conduta para os colaboradores. Tente responder às seguintes perguntas:

- Quais são os cinco valores mais importantes que você gostaria de ver representados na sua cultura organizacional?

- Esses valores são compatíveis com sua cultura organizacional atual? Eles existem agora? Se não, por que não? Se eles são tão importantes, por que você não está alcançando esses valores?

- O que se precisa para criar a cultura desejada pela organização?

Você não pode mudar a cultura organizacional sem saber o que o seu laboratório quer ser ou quais elementos da atual cultura organizacional precisam mudar. Atente aos elementos culturais que suportam o sucesso de seu laboratório. 3. A hora da mudança

É mais difícil mudar a cultura de um laboratório que já existe do que criar uma cultura em uma nova empresa ou equipe. Quando a cultura organizacional já está estabelecida, as pessoas devem anular os valores, os pressupostos e os comportamentos anteriores para que possam aprender os novos. Os elementos mais importantes para a criação de mudanças culturais organizacionais são o apoio da gerência e o treinamento.

- Apoio da gerência: Os gestores devem apoiar a mudança tanto verbalmente quanto atentando ao seus próprios comportamentos. É extremamente importante que os gestores apoiem consistentemente a mudança para que ela seja efetiva.

- Treinamento: Os membros da organização devem entender claramente o que se espera deles e devem saber como conduzir a mudança de processos e atitudes. O treinamento pode ser muito útil tanto na comunicação de expectativas quanto no ensino de novos comportamentos.

Reforçando a nova cultura

- Para a mudança de cultura ser efetiva, toda a comunicação deve ser o mais explícita possível, para que o comportamento esperado seja facilmente identificado.

- A seleção de novos colaboradores deve refletir os novos valores. As novas contratações não possuem o vício da cultura antiga, e estão mais propensos a seguir a cultura que lhes foi apresentada.

- Os novos padrões devem ser reforçados pelo motivo da mudança. Isso facilita o entendimento dos colaboradores e aumentam as chances de serem aceitos.

- Os gestores devem reforçar a mudança de cultura pelo exemplo, por isso é importante se policiar para que comportamentos antigos não afetem a administração de processos.

- Mudar a cultura deve trazer novos indicadores para que os resultados sejam medidos. Crie indicadores claros para que os resultados não sejam mascarados.

A efetivação da nova cultura leva tempo. A cultura organizacional é um organismo vivo, alimentado e modificado pelas pessoas que fazem parte do laboratório. É normal que a mudança de cultura passe por momentos de provação, porém com as observações deste artigo, esperamos que você tenha sucesso promovendo a atualização da cultura do seu laboratório.

#GestãodoConhecimento #futurodolaboratório #Administraçãodepessoal